Saiba mais sobre quanto custa o implante dentário e seus tipos

Ainda existem muitas dúvidas sobre quanto custa o implante dentário, e além disso, o método pode variar, pois existem diversos tipos, permitindo que o consumidor opte pelo melhor custo-benefício e o mais adequado de acordo com sua necessidade. Sendo assim, trouxemos aqui os principais tipos de implantes dentários para que você não tenha mais dúvida quanto ao seu. Confira!

Quanto custa o implante dentário: Veja os tipos

  • Implante único: é considerado o mais comum, chamado de implante unitário pelos dentistas. É fixado um pino de titânio no lugar do dente perdido, e logo depois da recuperação, é colocada a prótese. O nome já diz por si só, o procedimento atua em um único dente. Nesse método, pode haver a inserção do implante logo após a extração do dente, porém, nem sempre são os mais indicados;
  • Implante duplo: indicado para casos em que exista a ausência de três dentes vizinhos. Nesse método, são fixados dois pinos, que servirão como raízes artificiais para três dentes. Para isso, a coroa intermediária (que está sobre a gengiva) é encaixada nas duas próteses, formando uma ponte entre os dois dentes com pinos e o do meio;
  • Implantes duplos para próteses totais: essa modalidade é popularmente conhecida como dentadura, sendo utilizada em casos que o paciente perdeu todos os dentes no maxilar superior, inferior ou nos dois. Nesse procedimento, são colocados dois implantes para fixar toda a prótese dentária, que fica na sob a gengiva. Em casos que o paciente perdeu a maioria dos dentes, é comum extrair os que ficaram e substituí-los pela prótese;
  • Implantes quádruplos para próteses totais: o método é idêntico ao implante duplo, porém são inseridos quatro implantes para fixar toda a prótese dentária. Nesse procedimento, as próteses são compostas por 12 dentes feitos de cerâmica ou material metal-acrílico;
  • Implantes sêxtuplos para próteses totais: igual aos dois implantes anteriores, nesse caso é utilizado seis pinos de titânio para fixar a prótese dentária. Geralmente, esse método é mais recomendado quando o paciente sofreu perda total dos dentes do maxilar superior (maxila) e demanda uma fixação maior na mandíbula (maxilar inferior).

Quando não colocar um implante dentário

Muitos pacientes, ao procurar saber quanto custa o implante dentário, não pensam se estão aptos ou não para passar pelo procedimento. Esse método é contra-indicado para pacientes que sofrem com problemas cardíacos de alto risco, diabéticos não tratados, durante a quimioterapia ou até mesmo em caso de osteoporose. Então, mesmo sabendo quanto custa o implante dentário, não é tão simples iniciar o procedimento, requer uma pré-consulta e uma boa conversa com o especialista.

Antes de iniciar o procedimento, procure por bons especialistas, bons valores e busque também por referências com amigos ou familiares que já fizeram implante dentário. A saúde bucal é importante e merece atenção sempre.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Consulta Ideal atende quanto custa o implante dentário: